‘Não voto em machista’, diz Anitta após defesa de filho de Bolsonaro

Anitta voltou a falar sobre política nesta quinta-feira. A cantora, que vem sendo pressionada pelos fãs a se declarar contra o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL), afirmou em vídeo publicado em seu perfil no Instagram que “não vota em candidato machista, homofóbico, racista e por aí vai”.

A artista disse que respeita a escolha de voto de “todo mundo”, mas que não quer ter seu nome atrelado a nenhuma campanha política. “Por isso eu dispenso qualquer mensagem de apoio de candidatos ou afiliados aqui no meu pronunciamento”, afirmou, segundo o MSN.

Nesta quarta-feira, quando o nome de Anitta foi aos trending topics, a lista de assuntos mais comentados do Twitter, após fãs pedirem que a cantora se pronunciasse, Flavio Bolsonaro, filho do presidenciável, gravou um vídeo de apoio a ela. “Há uma perseguição covarde sobre artistas que se posicionam publicamente a favor de Bolsonaro. Eu nunca vi a Anitta na minha vida, nunca troquei mensagem com ela, não sei quem ela é”, disse. “Não sei qual a preferência político-partidária dela, mas parem de ficar patrulhando a vida dos outros.”

A pressão se intensificou nesta quarta-feira depois que os fãs de Anitta perceberam que ela começou a seguir uma amiga que apoia Bolsonaro no Instagram. A cantora explicou que é amiga de longa data da moça e reforçou que tem o direito de não abrir seu voto ou falar sobre política.

21/09/2018

(Visited 1 times, 1 visits today)